Rotas do Vento Rotas do Vento


Jordânia: O Esplendor de Petra e o Deserto Wadi Rum

Programa resumido Programa Detalhado

D1: Voos Lisboa-Amman, transporte para o hotel.

D2:
Ajlun, Jerash
Seguimos para Aljun onde visitamos o castelo de Ayyubid (Qal'at Ar-Rabad), construído no séc XII para defender o país dos ataques dos cruzados. Perto situa-se a Reserva Natural de Ajlun-Dibbine, uma área protegida de 13 km quadrados de florestas de pinheiros e de vida selvagem de muita beleza. Seguimos para Jerash, a Pompeia do Oriente, uma interessante e bem conservada cidade romana do séc II. O seu teatro está inalterado e o seu forum mantêm todas as colunas eretas. Passeamos nas suas elegantes avenidas calçadas e ladeadas de colunas, e visitaremos o arco triunfal de Adriano, o hipódromo, o grande templo de Zeus, o ninfeu (chafariz), os banhos, etc. O teatro encontra-se no seu estado quase original. Regresso a Amman. Visitaremos a Cidadela de Amman conhecida como Jabal-al-Qal'a, localizada no topo de uma colina em Amman. Está situada numa região montanhosa, construída sobre 7 colinas, estendendo-se actualmente por 19 devido ao forte crescimento da cidade. Na Cidadela iremos conhecer as ruínas dos períodos romano, bizantino e islâmico e o museu arqueológico. Visitamos o templo de Hércules, a mesquita do Rei Abdullah, o teatro romano, os souks e mercados, igrejas e mesquitas, e o o cosmopolitismo da população que conheceremos caminhando pelas suas vielas.

D3:
Amman, Castelos do Deserto, Mar Morto
Partida para o deserto a leste. Os romanos erigiram vários castelos que delimitavam a fronteira do seu império, "limes arabicus", e veremos algumas dessas ruínas. Visitaremos três castelos mandados construír pelos califas do período omíada. Alguns ainda estão ricamente decorados com mosaicos, frescos e belos estuques. Visitaremos os castelos Qusayr’ Amra,Qasr al-Kharranao, e
Qasr al-Azraq construído de pedras de basalto ainda hoje é utilizado desde o tempo dos romanos. Visitaremos o oásis Azraq e conheceremos como subsiste uma aldeia no deserto. Depois seguimos pela costa do Mediterrâneo até chegarmos ao Mar Morto, o ponto mais baixo da superfície terrestre (-423m). Tempo livre para boiar nas águas muito salinas do lago, tem 9.6x mais sal do que o mar, barrar-se de lama considerada terapêutica, e apreciar o silêncio em redor. Regresso a Amman.

D4:
Amman-Madaba-Monte Nebo, Kerak
Partida para Madaba (30 km), conhecida como a “cidade dos Mosaicos”, percorrendo a Estrada do Rei, a mais antiga no mundo com 5000 anos. Subimos o monte Nebo (817m), do alto do qual supõe-se que Moisés tenha avistado a Terra Prometida. É o local cristão mais venerado da Jordânia. O seu pequeno mosteiro do séc VII contêm amplos e belos mosaicos dessa época onde veremos cenas de trabalho rural com vegetais e animais, muitos já extintos: leões, panteras, ursos e raposas. Bonita vista sobre o mar Morto. Em dias transparentes avistam-se Belém, Jericó e Jerusalém. Em 2000 o Papa João Paulo II visitou o monte Nebo, onde deu um sermão seguido por mais de 20.000 fiéis. De caminho passamos por Wadi Mujib, um desfiladeiro imponente. A meio do dia chegamos a Kerak. Visita do grandioso e massivo castelo de cruzados construído no séc XII. Situa-se no topo de uma elevada colina e uma das suas muralhas tem 450m de altura. Passeio pelas suas diversas galerias e câmaras, algumas com inscrições do tempo dos cruzados e do período bizantino, e pelas muralhas donde teremos um excelente panorama em redor.


D5:
Petra
Partida matinal através da longa (1.2 km) e apertada garganta, Siq, que conduz às fascinantes ruínas de Petra. No seu final deparamos com a impressionante fachada do Tesouro, Al Khazneh, inteiramente esculpido na rocha tal como todos os outros grandiosos monumentos de Petra.
Esta foi a fantástica capital do reino nabateu muito rico e poderoso no início da nossa era. Subiremos ao alto do monte Al-Madbah onde se situa o Sacrifício e donde teremos um panorama global da geografia da cidade composta por uma sucessão de elevadas falésias e promontórios onde a cidade foi escavada. Continuamos a descoberta dos inúmeros templos, palácios, habitações, túmulos e demais câmaras trogloditas que nos aparecem ao dobrar de cada esquina. Passando a avenida das colunas onde se encontram grandes templos nabateus e bizantinos, subiremos uma escadaria escavada na rocha até atingirmos o mosteiro, Al Deir (séc III aC), situado no alto de um monte em local recatado. No regresso passaremos pelos túmulos reais, a avenida das fachadas e pelo grande teatro (séc I dC) ao ar livre com sete mil lugares inteiramente esculpido na rocha!

D6: Pequena Petra, Wadi Rum
Partida para Al Beidha (Pequena Petra), nas proximidades de Petra (10 min). Caminhamos através do desfiladeiro Siq al-Barid que tem 350m de comprido com três largos. Pensa-se que Pequena Petra era um subúrbio de Petra e o local de partida das caravanas que se dirigiam para norte e noroeste para Negev, Gaza, Egito, Jerusalém e a costa do Mediterrâneo. Como em Petra, encontraremos residências, templos, túmulos, cisternas e canais esculpidos na rocha. Um dos edifícios conserva frescos com pássaros, uvas e flores datando do séc I dC. Perto de Siq al-Barid estão à vista sessenta habitações do Neolítico, séc VIII aC.
Partimos para o deserto Wadi Rum, o famoso deserto onde se escondeu Lourenço da Arábia, conhecido pelos seus belíssimos promontórios rochosos, desfiladeiros e a sua areia dourada. Aqui faremos um passeio de jipe com guia beduíno ao longo de amplos vales ladeados por grandes promontórios travessando estreitos desfiladeiros onde se avolumam dunas contra as paredes rochosas.
A noite é espetacular pois encontraremos o céu densamente estrelado e a passagem de estrelas cadentes são muito frequentes.
São de particular beleza o crepúsculo e a alvorada onde os rochedos adquirem tonalidades admiráveis. A fauna é escassa devido ao clima podendo encontrar-se ibex, chacais, cabras selvagens, águias e abutres. O gato das areias é estritamente nocturno. Acampamento em tented camp onde o jantar será um barbecue beduíno.

D7: Atravessamos o Wadi Araba onde admiraremos as dunas de areia a perder de vista. Regresso a Amman.

D8: Voos Amman-Lisboa.
  • Preço: desde Eur 1790 por pessoa (voos incluídos).
  • Partidas: Mai 27-Jun 3, Jun 3-10, Jun 10-17, Out 7-14, Out 14-21, Out 21-28, Out 28-Nov 4, Nov 4-11, Nov 11-18, Nov 18-25, Nov 25-Dez 2, Dez 2-9, Dez 9-16, Dez 16-23, Dez 23-30, Dez 30-Jan 6, Jan 6-13, Jan 13-20, Jan 20-27, Jan 27-Fev 3, Fev 3-10.
  • Dificuldade: 2

Sugestões de Programas Alternativos:
th_sphinxgiza_1351795316.jpg
Preço: desde Eur 1360 por pessoa (voos incluídos)
th_marrocos0019_1236729957.jpg
Preço: desde Eur 1240 por pessoa (voos incluídos)
th_bucht_air_1308239737.jpg
Preço: desde Eur 1180 por pessoa (voos incluídos)

th_plitvice_03_1521328227.jpg
Preço: desde Eur 1480 por pessoa (voos incluídos)

Testemunhos
Não existem testemunhos