Rotas do Vento Rotas do Vento
Home  » Utilidades » Diversos » Argentina e Chile: Transpatagónica e Parque Tierra del Fuego, PWU

Programa de Viagem -

D1
. São Paulo – Buenos Aires, hotel.

D2. Buenos Aires -  El Calafate.
Voo Buenos Aires-El Calafate, a porta de entrada para a região dos glaciares do Parque. Pernoita em estalagem. (Pa)

D3. El Calafate – Parque Nacional Torres del Paine.De manhã seguimos de autocarro pela floresta de estepe, seguindo ainda por partes da lendária Rota 40, para contornar a Sierra de los Baguales, uma impressionante cordilheira entre Calafate e Paine. Atravessamos a fronteira entre a Argentina e o Chile em Cancha Carrera/Cerro Castillo. Depois continuamos até ao Parque Nacional Torres del Paine, Património Mundial da Unesco desde 1978, devido à sua beleza e variedade de paisagem, flora e fauna. Ao aproximarmo-nos do Parque, começamos a ver as diferentes montanhas que caracterizam a região: os chamadosCuernos del Paine, o Nietoe as Torres del Paine, três pináculos rochosos que sobressaem de um circo glaciar espectacular. Assim que entramos no Parque faremos uma caminhada (1-2h) para nos familiarizarmos com a paisagem, com o vento e com a riquíssima vida selvagem: guanacos, pequenos nandus, condores e todos os tipos de aves de zonas húmidas e ainda aves canoras, bem como diversos tipos de flores. Acampamos em Las Torres. (Pa, Pc, J)

D4
. Torres del Paine - Vale do Rio Ascensio.
Início da marcha e travessia da ponte suspensa sobre o rio Ascensio. Subida suave pelas encostas do maciço em terreno aberto, passando sobre as gargantas e a bonita cascata deste rio. À medida que subimos vamos observando ao longe várias montanhas e lagos. Um declive suave leva-nos ao Refúgio Chileno, o local de acampamento, e continuamos por um carreiro junto ao rio e pelo interior de uma bela floresta de faias. Uma subida final pela colina leva-nos até ao miradouro Torres del Paine: uma lagoa de origem glaciar e as três esplêndidas torres erguendo-se a 1000m do glaciar. Incrível panorama e ambiente severo de rocha e de gelo. Regressamos ao nosso acampamento em Las Torres pelo mesmo caminho. (6h) (Pa, Pc, J)

D5. Lago PehoeVale Francês.Ushuaia
Partida de autocarro para porto Pudeto (1h) para embarcarmos no catamarã que atravessa o Lago Pehoé. Chegados à outra margem do lago largamos a bagagem no acampamento e partimos para o trilho do Vale do Francês. O carreiro contorna as encostas sul de Cerro Paine Grande e do Lago Skottberg e vamos subindo e descendo este terreno ondulado até que finalmente avistamos uma parede imensa de cor clara e estratos negros no cimo, com uma grande brecha a meio, de onde cai uma cascata. São os Cuernos del Paine, outros dos rochedos mais impressionantes deste parque. Continuamos a nossa caminhada por mais 1h, até chegarmos aos miradouros, cuja paisagem é deslumbrante. Após pausa para pic nic e apreciar as redondezas regressamos a porto Pudeto e ao acampamento em Las Torres. (5-6h) (Pa, Pc, J)

D6. Praia Grey.
Partida para o enorme Lago Grey, salpicado de insólitos icebergs que provêm do imenso glaciar com o mesmo nome. Seguimos pelo Vale Grey contornando o lago, subindo e descendo as encostas ocidentais de Cerro Paine Grande que oferece das vistas mais impressionantes do parque. Vários miradouros permitem-nos observar o extremo sul do lago onde os belíssimos icebergues azuis se reunem e as montanhas erguem-se ao longe acima dos glaciares Grey e Tyndal. Chegamos ao miradouro principal, um cume rochoso a 2h de distância de Pehoé, com vistas sobre o lago e glaciar Grey e ainda sobre as montanhas e os glaciares circundantes. Regresso pelo mesmo percurso atravessando zonas de pântanos, turfeiras e belas florestas. A seguir embarcamos no barco para atravessar o Lago Pehoé e viajamos de autocarro para a nossa estalagem em Puerto Natales, no Chile, uma interessante aldeia piscatória na margem de um fiorde do Seno Última Esperanza. (Pa,Pc,J)

D7. Puerto Natales - Estreito de Magalhães - Rio Grande.
Seguimos para sul até ao lendário Estreito de Magalhães. Em Primera Angostura embarcaremos no ferry que cruza o Estreito. Esta passagem, descoberta por Fernão de Magalhães em 1520 foi o caminho natural e lógico para todos os navios até à abertura do Canal do Panamá, no princípio do séc. XX. Provavelmente irá questionar-se como era possível que aqueles homens se atrevessem a navegar nestas águas com tão frágeis caravelas. Chegados à Terra do Fogo (é literalmente a Terra do Fogo devido aos incêndios observados pelos primeiros marinheiros brancos ateados pelos índios para cozinhar e se aquecerem), entramos novamente na Argentina, através de Paso San Sebastián. Ao final de tarde chegamos ao nosso acampamento, onde iremos provar um típico cordeiro assado da Patagónia. (7h) (Pa, A, J)

D8. Rio Grande – Vale Tierra Mayor.
De manhã iremos aprender um pouco sobre as actividades do rancho e como os cães lidam com as ovelhas. Depois continuamos rumo ao sul até Ushuaia passando pelo belo lago Fagnano situado no meio das montanhas dos Andes. Chegaremos aUshuaia, a cidade mais austral do mundo, e seguimos para o Parque Nacional que está no canto sudoeste do lado argentino da ilha, na fronteira com o Chile. A principal atracção do Parque e de toda a ilha são as montanhas que escorregam até ao mar. À tarde iremos visitar o Parque Nacional da Terra do Fogo onde faremos uma breve caminhada. Veremos muitas árvores tombadas e algumas clareiras com diques criados pelos castores que foram trazidos do Canadá em meados do século passado. Veremos chimangos, uma ave de rapina aparentada à águia, que aqui prolifera. Pernoita em lodge de montanha. (Pa, Pc)

D9. Ushuaia Parque Nacional da Terra do FogoCanal Beagle.
Deixamos para trás o vale e pouco depois faremos uma caminhada na costa, apreciando as suas várias pequenas enseadas e a diversidade das suas aves. Na parte da tarde, faremos um passeio de barco pelo canal Beagle para observarmos colónias de lobos marinhos e curiosas aves, onde se destacam os elegantes cormorants. Durante o nosso passeio apreciaremos esta paisagem distante do canal, em que nos veremos rodeados de cumes nevados fustigados pelo vento nestas paragens tão remotas. Tarde livre. Pernoita em estalagem. (Pa)

D10. Ushuaia – Buenos Aires
Manhã livre para visitar a Ushuaia, que se situa no litoral norte doCanal Beagle, onde poderá deambular pela cidade apreciando a arquitectura das suas casas de cariz alpino, ou visitar um dos seus museus ou simplesmente passear à beira-mar, imaginando o que teriam sentido os primeiros navegadores que aqui chegaram. À tarde, transporte para o aeroporto e voo para Buenos Aires, seguido de voos para São Paulo. (Pa)

D11. Buenos Aires - São Paulo


Condições de Participação
-

Preços - Esta viagem realiza-se com dormida em:
a) Eur 2880 para dormida em Hosteria (estalagem) alojando em quarto duplo; em quarto individual acresce um suplemento para quarto individual de Eur 280 (só para a estadia em hotel e estalagem/hosteria);
b) Eur 2760 para dormida em Hostel (albergue, alojamento em quartos de 4 a 6 pessoas).

Inscrição: Deve enviar-nos a ficha de inscrição preenchida junto com 30% do preço. Devido à grande afluência de viajantes nestas épocas, a sua inscrição deverá ser confirmada com a maior brevidade.

Preço
: Válido até Abril 2016;

Inclui: Os voos em classe turística em linha regular, alojamento em hotel e estalagem (hosteria) ou tenda em ocupação dupla com pequeno-almoço, todos os transportes internos mencionados, serviços de guia de montanha nas caminhadas, todas as refeições indicadas no programa Pa-pequeno-almoço/café da manhã, Pc-pic nic, A-almoço, J-jantar.

Não inclui: Equipamento pessoal, visitas nos tempos livres, almoço e jantar excepto o mencionado acima, seguro de viagem, taxas de parque (cerca USD 40.), taxas de aeroporto, gorjetas.

Nota: O preço dos voos é baseado em estimativas razoáveis para os trimestres futuros. As companhias aéreas poderão impor aumentos de preço dentro de prazos reduzidos por motivos vários que se prendem com economia, segurança e demais exigências legais.

Material fornecido: Tendas duplas, colchonetes, saco-cama com forro de algodão, kayak, colete.

Acampamentos: As tendas, sacos-cama e colchonetes serão fornecidos.

Transportes: Voos em classe turística; transportes internos em autocarro, barco, avião a jacto. Os transportes terrestres são realizados em autocarros de turismo de carreira regular que transitam entre centrais de camionagem. Partidas do Porto: Consulte-nos com a maior antecedência.

Acompanhamento: Guias profissionais argentinos e chilenos falando castelhano.

Grupo: Mínimo 2 pessoas, máximo 15. O grupo é internacional.

Programa: Em função das condições do tempo, da condição do grupo ou outras justificáveis o guia poderá alterar o programa do percurso, nomeadamente os locais de pernoita.






Testemunhos